E Se Aquela “Gostosa” Assediada Na Rua Fosse Sua Mãe?
in

E Se Aquela “Gostosa” Assediada Na Rua Fosse Sua Mãe?

 

O comportamento que muitos enxergavam como apenas um elogio está finalmente sendo discutido como algo extremamente invasivo para quem é vítima.Qualquer argumento que tente justificar o direito de alguém constranger uma pessoa desconhecida gratuitamente é inválido. Para deixar isso um pouco mais claro, a Everlast resolveu criar uma pegadinha.A ideia é não utilizar atrizes comuns , a campanha escolheu mulheres bem conhecidas de alguns homens assediadores: suas mães.

A proposta é bem simples. Propõe a todos pensar um pouco sobre suas atitudes e imaginar que aquela mulher bonita pode ser mãe de alguém, pensar que sua mãe é ou já foi muito assediada.

No site da campanha, há uma breve introdução sobre o assunto, além do apoio formal a um abaixo assinado que propõe a aprovação do Projeto de Lei de Prevenção, Atenção e Sanção do Assédio Sexual em Espaços Públicos, que visa transformar em crime os insultos, toques e a perseguição entre outras práticas.


E Se Aquela “Gostosa” Assediada Na Rua Fosse Sua Mãe?

E Se Aquela “Gostosa” Assediada Na Rua Fosse Sua Mãe?

E Se Aquela “Gostosa” Assediada Na Rua Fosse Sua Mãe?

O que você achou?

0 points
Upvote Downvote

Total votes: 0

Upvotes: 0

Upvotes percentage: 0.000000%

Downvotes: 0

Downvotes percentage: 0.000000%

Edifício Sustentável Construído com Contêineres

Edifício Sustentável Construído com Contêineres

Eu Odeio a Tailândia - Vídeo Incentiva o Turismo no País

“Eu Odeio a Tailândia” – Vídeo Incentiva o Turismo no País